29
mar
2017
Tons terrosos: eles são a cara do Outono!

Chiques, versáteis e clássicos para dias mais frios

O tons terrosos são a tendência absoluta do Outono. A cartela aparece na moda, decoração, maquiagem e acessórios, em suas nuances incluem marrom, cáqui, areia e bordô, proporcionando o mood sofisticado característico da estação.

 308542_691541_still_tigresse_fevereiro_062_tigresse___r_2.990_00

308542_691545_tufi_duek_2221_st_103_r__790

308542_691552_vitor_zerbinato___ref_2171027___r__4.223_00 308542_691553_vitor_zerbinato___ref_2171031___r__1.723_00 308542_691557_luiza_barcelos__para_zattini_r__379_00 308542_691500__mg_4623_iOdice 308542_691538_shop2gether___ateen_r_2.699_00 308542_691515_maria.valentina___r_597_77
308542_691531_bolsa_shoestock_saco_puxador_barbicachos___cafe_249_90 308542_691533_bota_shoestock_curta_franja___marrom_389_90
308542_691543_tok_stok
308542_691542_tok_stok___dom_xale_psofa_120x160 308542_691462_capricho__r__239_90 308542_691474_colcci___r_671 308542_691480_damyller_6v0xh22_000288_r__99_00_f 308542_691486_emannuelle_junqueira___r_4180 308542_691460_calvin_klein_cf71w11ja122_0737_r__330 308542_691458_c_a_collection_pat_pat_s___r_269_99___foto_181

cor correta

cor correta

308542_691443_alphorria___r_399_90__1_

0


23
mar
2017
Veludo molhado: tendência para a próxima estação

A grife catarinense Damyller traz para o Inverno 17 o must have apresentado nas passarelas das semanas de moda Brasil a fora. Hit dos anos 70 e depois nos 90, o veludo molhado é queridinho das fashionistas.

307969_689503__sal4060

O tecido dá fluidez e movimento às produções e os tons escuros, como o vinho e o azul marinho se destacam, aparecendo em versões esportivas à ultra sofisticadas. Além das peças veludo total, a Damyller traz opções que aparecem como detalhes nas golas, mangas e cinturas, perfeitas para compor um look para o dia.

307969_689377_damyller_6i0cm22_000001_r__379_00_f 307969_689379_damyller_6i0h551_000001_r__455_00_f 307969_689385_damyller_6i0me22_181420_r__155_00_f 307969_689390_damyller_6i0xh87_111001_r__269_00_f

0


22
mar
2017
Festival Chilli Beans invade Atibaia – SP

Marca preparou dois dias de festa e conteúdo para comemorar seus 20 anos

307931_689273_logo_festival_chilli_beans

No próximo dia 27 de março, começa em Atibaia, no Tauá Hotel, o Festival Chilli Beans. Com o mood paz, amor e muita pimenta, o evento celebra os 20 da marca e reúne toda a rede Chilli Beans – Brasil e mundo – e convidados para dois dias de muito agito.

A inspiração vem dos renomados festivais Coachella, Rock in Rio, Burning Man e Universo Paralelo. Logo no primeiro dia, atrações musicais entretêm os participantes até às 02h am. Para a equipe de venda, acontecerá neste mesmo dia, um workshop intitulado “Como nasce uma pimenta”, com base em todos os departamentos que a franqueadora possui.

No segundo dia, acontece a convenção da marca que, com atrações especiais, contará ano a ano a trajetória da Chilli Beans e mostrará todas as coleções que serão lançadas até o final de 2017. A Superdose, como é chamado o encontro, premeia também os melhores vendedores e pontos de venda do ano.

Para encerrar de maneira apimentada o evento, acontece o Rock in Covers – shows de Michael Jackson, Kiss, Guns N’ Roses, Beyoncé e Charlie Brown Jr. E até o sol raiar, a partir das 3h30, um after party!

O Festival Chilli Beans acontece de 27 a 29 de março, no Tauá Hotel em Atibaia, interior de SP.

Para saber mais, acompanhe o Instagram da marca: @chillibeansoficial

Serviço
Festival Chilli Beans – Paz, amor e muita pimenta!
Local: Tauá Hotel Atibaia – SP
Data: de 27 a 29 de março

0


15
mar
2017
Cores, formas e texturas do Cariri cearense inspiram Isabela Capeto.

Cores, formas e texturas do Cariri Cearense inspiram a coleção de Isabela Capeto apresentada na São Paulo Fashion Week N43. O marcante trabalho artesanal da estilista agora se une a elementos da iconografia daquele considerado o Oásis do Sertão. A brasilidade do fazer a mão em detalhes, bordados e aviamentos resgatam a identidade local e levam o olhar para um passeio por sítios arqueológicos, casarios e fachadas, assim como pela cultura manufatureira.

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

307288_686759_icap_lb_n43_0001 (1)

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Isabela Capeto

Isabela Capeto investiga tradições, costumes e superstições desse Brasil de identidade plural, que vai das máscaras de cerâmica das Irmãs Candido à obra de Mestre Noza, o escultor de Padre Cícero. Um laboratório a céu aberto de heranças indígenas, africanas e ibéricas que dão uma atmosfera de magia e encantamento a sua roupa única e atemporal.

307288_686763_icap_lb_n43_0006

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

307288_686766_icap_lb_n43_0011

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Isabela Capeto SPFW - N43 Março / 2017 foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

 

Isabela Capeto | SPFW - N43 | Março / 2017 | Fotos: Ze Takahashi - FOTOSITE

Isabela Capeto | SPFW – N43 | Março / 2017  | Fotos: Ze Takahashi – FOTOSITE

Tecidos: Algodão, tule, lycra, couro e seda
Peças-chaves: Jaquetas, camisetões, vestidos longos e saias
Cores: Atanado, vermelho, rosa claro, café, marinho e preto

0


13
mar
2017
Osklen – SPFW N43

A participação de Oskar Metsavaht no exercício criativo do filme Soundtrack foi o ponto de partida para a construção do Inverno 17 da Osklen. A inspiração não veio do filme em si, mas do próprio conceito e do roteiro em evolução, que foram criando um imaginário bastante rico enquanto os autores e diretores preparavam suas equipes de filmagem (cenógrafos, fotógrafos, figurinistas e artistas). Oskar e sua equipe de design desenvolviam paralelamente sua proposta para a temporada, tanto o filme quanto a coleção surgiram ao mesmo tempo.
As referências visuais – colhidas em uma viagem à Islândia -, somadas às leituras do roteiro, foram se desenrolando nos elementos de cor, formas e texturas da coleção.

 

307180_686000_osk_lb_ss18_001307180_686014_osk_lb_ss18_016 307180_686015_osk_lb_ss18_017 307180_686019_osk_lb_ss18_021 307180_686020_osk_lb_ss18_022 307180_686021_osk_lb_ss18_023 (1) 307180_686022_osk_lb_ss18_024 (1) 307180_686023_osk_lb_ss18_025 307180_686024_osk_lb_ss18_026

Trama
O filme retrata um artista que parte para uma temporada em uma estação científica de pesquisa na Antártida em busca de um novo significado para sua arte.
Metaforicamente, essa mesma atmosfera marcou o princípio do processo criativo de Oskar Metsavaht. Preparando-se para uma expedição científica nos Andes no final dos anos 80, o diretor criativo da Osklen desenvolveu sua primeira peça, um casaco utilitário de neve. Atuando como ortopedista na época, seu conhecimento em anatomia e ergonomia, aliado às suas habilidades artísticas, já indicavam o caminho futuro da Osklen.
A ciência, a arte e a natureza presentes no roteiro do filme estabelecem uma sinergia com o início da história da marca e de Oskar Metsavaht como artista.

 


307180_686001_osk_lb_ss18_002 307180_686003_osk_lb_ss18_004 307180_686004_osk_lb_ss18_006 307180_686005_osk_lb_ss18_007 307180_686008_osk_lb_ss18_010 307180_686009_osk_lb_ss18_008 307180_686011_osk_lb_ss18_013

OSKLEN | SPFW – N43 | Março / 2017  | Fotos: Ze Takahashi – FOTOSITE

OSKLEN | SPFW – N43 | Março / 2017 | Fotos: Ze Takahashi – FOTOSITE

 

e-Fabrics
Idealizado por Oskar Metsavaht, o Instituto-E, em seu papel de comunicar à sociedade novas alternativas de consumo consciente, elaborou através do projeto e-fabrics critérios de avaliação de materiais sustentáveis a serem utilizados pela cadeia da moda e pela indústria têxtil. Atualmente recebem o selo E-fabrics mais de 20 diferentes categorias de materiais de origens recicladas, orgânicas, naturais e/ou artesanais e desenvolvidas por comunidades, cooperativas ou por grupos industriais.

O objetivo do Instituto-E é o de incentivar o reconhecimento do Brasil como o país do desenvolvimento sustentável.

PIRARUCU: O pirarucu é um peixe destinado fundamentalmente à alimentação. A pele não é aproveitada e, ao ser descartada, ocasiona poluição biológica. A captura do pirarucu respeita às leis ambientais e aos períodos de procriação. O processo de curtimento do Bio-leather desses peixes é feito com corantes naturais, evitando o uso de sais de cromo – componente tóxico e poluente.

TRICOT DE ALPACA: Opção natural e sustentável, proporciona máximo conforto com fio de alta qualidade. Essa é uma fibra natural, coletada de alpacas, e pode ser leve ou pesada, dependendo de como é tecida. Embora semelhante à lã de ovelha, é mais quente, não espinhosa e sem lanolina, o que a torna hipoalergênica. Naturalmente repelente de água e dificilmente inflamável.

TYVEK: O tyvek é um material empapelado, leve, flexível e resistente à água. Considerado um dos “tecidos do futuro”, ele é um polietileno desenvolvido por um processo que utiliza menos energia que os demais materiais sintéticos, 100% reciclável e atóxico.

MOLETOM PET: Esse é um e-fabric exclusivo desenvolvido pela Osklen, que contribui para a preservação da biodiversidade e o desenvolvimento sustentável do planeta. As garrafas pet são compostas por um material de difícil decomposição no meio ambiente e responsáveis por 30% dos resíduos sólidos coletados nos municípios brasileiros. A partir de seu fio reciclado, foi desenvolvido esse moletom de matéria-prima ecológica.

0