13
abr
2015
A força feminina em uma nova era

A androginia é sensual, sentir-sa atemporal é sofisticado, tudo com uma atitude expressiva. Este é um novo momento para esta mulher.

Dicotomias sedutoras e improváveis onde a alfaiataria rígida contrasta com a fluidez e a transparência.

Tecidos mais leves e delicados, na sua maioria compostos por fibras naturais.

Tingimentos com técnicas especiais em fibras como viscose, seda, algodão e modal.

Uma cartela de cores especial e coordenada, onde a escolha de tons frios para dias quente surge como novidade. O preto e o branco são protagonistas. O cinza concreto surge para quebrar a regra.

Pinturas manuais estilo Pollock são coordenadas com o grafismo de diferentes tipos de risca-de-giz inspiradas nas obras de Frank Stella.

Outras técnicas de estamparia, como espatulados e jateados, dão um efeito sombreado e colorem, de forma diferenciada, cada peça, tornando-as únicas.

A silhueta é alongada e reta. Maxi vestidos, saias,calças, macacões, blazers e túnicas inspirados no vestuário masculino.

Entre os acessórios, encontramos sandálias esportivas em suede com solado tratorado, ou abotinadas em couro e sarja estampada, ambas com salto emborrachado.

Os gêneros se aproximam cada vez mais. O masculino está de volta, com o mesmo espírito contemporâneo.

UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016

UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016

UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016

UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016

UMA - SPFW- Verao 2016 UMA - SPFW- Verao 2016

UMA - SPFW- Verao 2016

UMA - SPFW- Verao 2016

Raquel Davidowicz

Ficha Técnica:
Hair: Juliana Barbosa
Make Up: Marcos Costa
Diretor de desfile: Roberto Davidowicz
Styling: Raquel Davidowicz e Milla Orlandi
Produtora Executiva: Pixu Novaes

0


13
abr
2015
#SPFW20A

Em 2015, o São Paulo Fashion Week celebra 20 anos de transformações e legado criativo; confira as novidades desta edição e o line up correto

SPFW20A-Foto retirada da internet

O fazer constrói
O fazer educa
O fazer inclui
O fazer mobiliza
O fazer conecta
O fazer transforma
O fazer humaniza

Uma homenagem ao fazer que constrói, inclui, inspira, educa e transforma a partir do trabalho e esforço das mais diversas pessoas, em torno de objetivos comuns. É assim que o SPFW celebra seus 20 anos como a maior semana de moda do Hemisfério Sul. A 39ª edição acontece de 13 a 17 de abril no Parque Cândido Portinari, em São Paulo. A temporada Verão 2016 tem um calendário intenso com 39 desfiles, e exposições e ações que continuam a levar conteúdo de moda para toda a cidade.
“O fazer é otimista, posiciona, reforça identidade, dignifica. Nesta edição, vamos falar das pessoas. O poder das pessoas está no fazer, nos elos que se constroem a partir destas relações. É a moda cada vez mais humanizada”, afirma Paulo Borges, diretor criativo do SPFW. “Há 20 anos estamos construindo essa história”, arremata.

A agenda completa do SPFW está disponível no www.ffw.com.br/spfw. Acompanhe os desfiles ao vivo com exclusividade na internet pelo FFW.com.br e pelo Terra e na televisão no canal GNT.

Sonhando Acordado

Como parte das celebrações dos 20 anos do SPFW ao longo de 2015, o evento traz a exposição “Sonhando Acordado”, que homenageia encontros resultantes desse fazer e que marcaram momentos importantes do calendário de moda. Nas fotografias de Bob Wolfenson, estilistas, designers e modelos aparecem ao lado de artistas, músicos, stylists em cenas que fazem alusão às conexões de inspiração, amizade e criação que o SPFW promove a cada edição. A exposição tem o apoio da mmartan. “Para a mmartan é um prazer compartilhar esse sonho no ano em que completamos 30 anos e o São Paulo Fashion Week celebra duas décadas de muitas histórias,” comemora Gabriela Rodrigues, diretora de marketing.

Mostra Contemporânea de Moda Africana

A temporada marca uma parceria inédita do SPFW com o Museu Afro Brasil que inaugura a mostra Africa Africans Moda e apresenta o trabalho de cinco estilistas africanos: Palesa Mokubung (África do Sul); Amaka “Maki” Osakwe (Nigéria); Jamil Walji (Quênia); Xuly Bët (Mali) e Imane Ayissi (Camarões). O desfile integra o projeto Africa Africans, que traça um panorama sobre a criação visual contemporânea do continente através da vinda de obras de artistas de diversos países africanos. “A moda estimula a criação de sentidos e símbolos que contribuem com a formação das imagens em torno de um país, um povo, uma região específica”, afirma Emanoel Araujo, diretor curatorial do Museu Afro Brasil que concebeu o projeto. “Assim, falar da diversidade da produção plástica africana sem mencionar a importância da moda e de seus criadores em diversas regiões seria negligenciar um aspecto importantíssimo da criação contemporânea no continente.”

Renda-se

Vários estilistas e marcas uniram-se a diferentes comunidades de rendeiras de estados brasileiros e criaram peças especiais para a exposição “RENDA-SE”, organizada pela curadora de artesanato e arte popular, Renata Mellão, em parceria com o estilista Dudu Bertholini, para o Museu A CASA, dirigido por Renata. “Artesãos em todo o país detêm um saber-fazer tradicional único e extremamente rico. O encontro entre estilistas renomados e esses artesãos pode contribuir para a promoção da identidade brasileira na moda e para a sustentabilidade dessas comunidades”, afirma.

O projeto faz parte da agenda oficial do SPFW e está em sintonia com a campanha Amo Moda Amo Brasil, que destaca a importância da cadeia produtiva e criativa da moda e reforça a identidade brasileira a partir de pilares como o algodão, o denim, a moda praia e os saberes e fazeres tradicionais do craft/artesanal, como atributos naturalmente associados ao lifestyle do país.

Moda e Esporte

Em ano pré-olimpico, aproximar a moda do esporte foi mais uma conquista da campanha Amo Moda Amo Brasil. Uma ação envolvendo Paulo Borges, o Comitê Olímpico do Brasil (COB), o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e atletas brasileiros escolheu as estilistas Carolina Gold e Pitty Taliani, da marca Amapô, para desenhar os uniformes da delegação brasileira para as Cerimônias de Abertura e Encerramento dos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos Toronto 2015. “A Amapô tem um espirito jovem, descontraído e trabalha muito bem a questão da cor e da brasilidade”, comenta Paulo Borges. “Assim como o talento de nossos atletas, a criatividade e inovação presentes na moda brasileira são pilares que desenham a identidade do País. Desde que lançamos a campanha Amo Moda Amo Brasil no ano passado, vemos os grandes eventos esportivos como oportunidades de valorizar o nosso design também no contexto do esporte”, completa.

Empreendedorismo na Moda

O SPFW sempre foi palco para o empreendedorismo e, ao longo de sua história, estimulou o desenvolvimento e a criação de novos fazeres e ajudou a impulsionar a carreira de profissionais em inúmeras áreas. Com o objetivo de fomentar o empreendedorismo e inserir pequenos negócios no mercado de alto valor agregado da moda, o Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (IN-MOD) firmaram o convênio “Contextualizar na Moda II”.

“A atuação no mercado de alto valor agregado é uma aposta assertiva para o empreendedor que quer ser bem sucedido no segmento da moda. O convênio os insere neste contexto, gera informação, treinamento, conhecimento, vivência prática e facilita o desenvolvimento de negócios e projetos por viabilizar networking entre as empresas que estão começando e aquelas que já se estabeleceram no mercado”, afirma Clarissa Guimarães, gestora do convênio pelo IN-MOD. A primeira edição do Contextualizar na Moda, já beneficiou mais de 1 mil empreendedores.

Por meio do convênio, o SPFW recebe 150 empresários e gestores técnicos do Sebrae de todo o Brasil para uma imersão no evento que envolve visitas ao backstage de desfiles, encontros com especialistas em comportamento de consumo e tendências e diretores e presidentes de grandes grupos de varejo de moda.

O convênio viabiliza ainda a participação de 16 micro e pequenas empresas de 09 estados brasileiros numa experiência de varejo única por meio da FFWSHOP – loja pop up de design e acessórios do SPFW . Entre as marcas selecionadas, nove fazem sua estreia: Marchetaria do Acre (AC); Bruna Bert (AL); Native (AM); Carola (PI); Vale da Seda (PR); Ame Bijoux e Escudeiro (RJ); Dog Club (SC) e Rosi Zanon (SP). Entre as que retornam, estão: Rita Prossi (AM), Nathalia Tolentino (GO), Liverpool e Laura Pereira (SC); Palone Design (RN), MUV e Miwa (DF). “O nosso foco são os artistas e designers nacionais, e o Sebrae nos ajuda a encontrar novos talentos, sobretudo nos segmentos de bijuterias e acessórios”, afirma Karina Cezar, coordenadora da FFWSHOP, que nesta edição traz produtos de 43 artistas e designers com curadoria do designer e colecionador José Marton.

Moda no CEU

A parceria entre a Prefeitura da Cidade de São Paulo, Secretaria Municipal de Educação e São Paulo Fashion Week chega a sua 5ª edição consecutiva, levando para os Centro Educacionais Unificados conteúdos que traduzem o território criativo, educativo e cultural do SPFW, com o intuito de ampliar a agenda escolar por meio de múltiplas atividades extracurriculares e estreitar o convívio de alunos, professores e comunidade com a cultura de moda.

De 13 a 17 de abril, os CEUs Paraisópolis, Parque São Carlos, Alvarenga, São Mateus e Jaçanã, recebem exposições, desfile, oficinas e encontros com grandes nomes da moda e do design brasileiros, como o designer Marcelo Rosenbaum, e os estilistas Isabela Capeto, Raquel Davidowicz e João Pimenta.

A Moda no CEU – 5ª edição – 13 a 17 de abril de 2015

13/04 a 17/04 – CEU Paraisópolis

• João, Ebson, Vinicius, Anderson – exposição fotográfica documentando projeto desenvolvido pelo estilista João Pimenta no Centro Educacional Unificado de Paraisópolis. Foi lá que o estilista resolveu convidar moradores da região para vestir suas criações. A exposição é resultado dessa interação entre as roupas e a comunidade, em imagens exclusivas.

• No dia 13/04, abertura da exposição e encontro com o estilista João Pimenta, o fotógrafo Gleeson Paulino e os modelos Ebson Conceição Costa, Anderson Conceição Costa e Vinícius André da Silva Eleutério.

13/04 a 17/05 – CEU Parque São Carlos

• Exposição SPFW 20 ANOS – exposição de 20 roupas emblemáticas que marcaram a trajetória de sucesso de uma das mais importantes semanas de moda do mundo.

14/04 às 19:30 – CEU Alvarenga

• O Fazer que Transforma: o indivíduo, o resgate, a criatividade – o designer Marcelo Rosenbaum fala o projeto A Gente Transforma, em que trabalha com comunidades no Brasil desenvolvendo autoestima, reconhecimento, produção, a partir do resgate de saberes e fazeres tradicionais fincados em valores culturais de cada região.

16/04 às 10:00 – CEU São Mateus

• Desfile Isabela Capeto – a estilista reapresenta sua coleção Verão 2016 desfilada no SPFW.
• Encontro com Isabela Capeto – após o desfile, a estilista conversa sobre sua trajetória e inspirações.

17/04 às 15:00 – CEU Jaçanã

• A Construção da Roupa: do sonho à modelagem – oficina com a estilista Raquel Davidowicz da marca UMA.

#SPFW20A em Rede

A semana de moda que, historicamente, foi responsável por conectar tantas pessoas, saberes e fazeres, também faz isso no ambiente online. O SPFW foi pioneiro na transmissão ao vivo dos desfiles pela Internet, desde 2001. Quando ainda não se falava em blogs na moda, a publicação de opiniões sobre a experiência no evento foi incentivada com uma redação aberta aos visitantes. Hoje, as redes sociais são as grandes multiplicadoras do conteúdo da semana de moda. Na última temporada, as menções ao SPFW, conversas relacionadas atingiram a marca de mais de 655 milhões de impressões nas redes sociais, apenas em cinco dias de evento.

Nesta edição, usamos #SPFW20A em todos os conteúdos online relacionados ao aniversário de 20 anos do SPFW. Para comemorar, planejamos uma série de ações para as redes sociais.

Dando continuidade ao registro de pessoas que protagonizaram esses 20 anos, o perfil @SPFW no Instagram apresenta um editorial exclusivo clicado por @bobwolfenson durante o evento – #EncontrosSPFW20A.

A cada dia, o @SPFW revela também flashes do evento e bastidores dessa produção, e, sempre após o último desfile, uma coleção da série de imagens entra no ar. Acompanhe com #EncontrosSPFW20A.

Desde o início de abril, o perfil oficial do SPFW no Facebook e no Instagram apresenta uma série de vídeos em homenagem ao “Fazer” com depoimentos de personalidades que fazem parte da história do evento.

Quem estiver em casa também pode interagir com personalidades convidadas pelo evento para participar da série #minutoSPFW. O beauty artist Duda Molinos e o estilista Ronaldo Fraga estão entre os participantes da dinâmica de entrevista relâmpago e terão que responder ao máximo de perguntas em apenas um minuto. Fãs da página SPFW no Facebook podem participar enviando perguntas direcionadas; basta usar a hashtag. O resultado será publicado ao longo da semana.

Pela primeira vez, @SPFW e Twitter formam uma parceria oficial para mostrar o melhor dos desfiles e bastidores para o mundo todo, em tempo real. As novidades começam já na entrada do evento, onde os convidados poderão interagir com a hashtag gigante #SPFW20A.

Selfies incríveis diretamente do @SPFW vão chegar à rede pelo Twitter Mirror, um espelho conectado que vai circular entre as personalidades que acessam os bastidores e espaços mais disputados da semana de moda.
Para não perder nenhum segundo, siga também @portalFFW, @TwitterBrasil e @TwitterFashion, e acompanhe, em tempo real, tudo o que acontece no #SPFW20A.

Fique conectado à moda também pelas redes sociais:

Facebook.com/spfw
Instagram.com/spfw
Twitter: @spfw
Use #SPFW20A

Formação em moda unem SPFW e Centro Paula Souza

Alunos de Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) terão conteúdo complementar on-line com aulas elaboradas pelo Centro Paula Souza com a participação de estilistas, empresários, consultores, stylits, designers entre outros profissionais que formam a rede do São Paulo Fashion Week Entre eles Lino Villaventura, Ronaldo Fraga, Vitorino Campos e Oskar Metsavaht. Parte do conteúdo será gravado diretamente dos bastidores e ambientes da semana de moda. A iniciativa tem o objetivo de aproximar estudantes de Etecs do universo do SPFW.

Serão seis módulos de meia hora cada, abordando as diferentes etapas do processo de lançamento de uma coleção de moda, como criação, produção, apresentação, comunicação visual da marca, comercialização e comunicação. As aulas estarão disponíveis para os alunos dos cursos técnicos de Modelagem do Vestuário, Processos Fotográficos, Produção em Audiovisual, Multimídia, Comunicação Visual e Eventos.

Além de estilistas, participarão o stylist Daniel Ueda, a diretora de Marketing do portal de tendências WGSN, Clarissa Araújo, e o cenógrafo José Marton, entre outros nomes.

Ponto de encontro

O SPFW é feito de encontros e, nesta edição, não faltarão oportunidades e ambientes para que fashionistas e convidados aproveitem juntos cada minuto da semana. Entre um desfile e outro, quem visitar o SPFW vai poder escolher entre 07 food trucks, que trazem opções para todos os gostos: Los Mendozitos (vinho), Nômade (massas), Familee (cafés e doces), Aleatorium (sanduíches), C.O.M.O (comida brasileira), Gorilla (saladas) e o Drink Truck Schweppes.

Para quem gosta de música, a trilha sonora está garantida pelo espaço Schweppes, que montou um line up de DJs e pocket shows, com as participações do DJ Márcio Neves, da cantora Tabatha Fher, da banda de jazz e ritmos brasileiros Hammond Grooves. Os Sets Efervescentes trazem também a modelo Talytha Pugliesi, o stylist José Camarano e o apresentador Caio Braz para comandar as pick ups.

Sets Efervescentes @SPFW

13/04 – 19:15 Hammond Grooves
14/04 – 18:00 Dj Thalyta Pugliese
15/04 – 18:45 Thabata Fehr
16/04 – 18:30 Dj José Camarano
17/04 – 16:00 Dj Caio Braz / 18:30 Live sax

*DJ Residente – Marcio Neves

SEGUNDA-FEIRA (13/04)

1 – Animale – 16h00
2 – Uma Raquel Davidowicz – 17h30
3 – TNG – 18h30
4 – PatBo – 19h30
5 – Cavalera – 20h30

TERÇA-FEIRA (14/04)

1 – Paula Raia – 10h00
2 – Osklen – 11h30
3 – Ellus – 15h00
4 – Água de Coco por Liana Thomaz – 16h00
5 – Lilly Sarti – 17h15
6 – Sacada – 18h30
7 – Juliana Jabour – 19h45
8 – Triya – 21h00

QUARTA-FEIRA (15/04)

1 – Isabela Capeto – 10h00
2 – Reinaldo Lourenço – 11h30
3 – Alexandre Herchcovitch – 13h30
4 – Ronaldo Fraga – 15h00
5 – Lolitta – 16h00
6 – Salinas – 17h00
7 – Vitorino Campos – 18h00
8 – João Pimenta – 19h00
9 – Colcci – 20h30

QUINTA-FEIRA (16/04)

1 – Giuliana Romanno – 10h00
2 – Lino Villaventura – 11h30
3 – Patricia Viera – 13h00
4 – Acquastudio – 15h30
5 – Lenny Niemeyer – 16h30
6 – GIG Couture – 17h30
7 – Têca por Helô Rocha – 18h30
8 – Iódice – 19h30
9 – Samuel Cirnansck – 20h30

SEXTA-FEIRA (17/04)
1 – FH por Fause Haten – 10h00
2 – Africa Africans Moda* – 11h30
3 – Apartamento 03 – 15h00
4 – Gloria Coelho – 16h00
5 – Adriana Degreas – 17h00
6 – Wagner Kallieno – 18h00
7 – Amapô – 19h00
8 – 2nd Floor – 20h00

*Desfile de designers africanos que integra o projeto de cultura e arte contemporânea “Africa Africans”, do Museu Afro Brasil.

0


10
abr
2015
SPFW: Micro e pequenos empreendedores participam da maior semana de moda do país

Convênio entre Sebrae e In-Mod já beneficiou mais de 1 mil pequenos negócios brasileiros e chega ampliado à segunda edição para fomentar o empreendedorismo na moda

calendario_SPFW

São Paulo, abril 2015 – O Contextualizar na Moda II, convênio firmado entre o Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod), inicia sua segunda edição no São Paulo Fashion Week Verão 2016. Cerca de 150 pequenos empresários de todo o Brasil participarão da primeira missão técnica do convênio durante esta temporada da maior semana de moda do hemisfério sul. Os empresários vão cumprir uma agenda intensa durante o SPFW com visitas ao backstage de desfiles, encontros com consultores e pesquisadores para acompanhar desfiles ao vivo comentados por especialistas em comportamento de consumo e tendências, além de encontros com diretoria e presidência de grandes grupos de varejo de moda.

Entre eles está previsto um encontro na InBrands – detentora de marcas como Ellus, Alexandre Herchcovitch e Salinas. Os participantes contarão, ainda, com um espaço dedicado Sebrae no São Paulo Fashion Week para relacionamento e troca de conhecimento. A 39ª edição do SPFW acontece de 13 a 17 de abril no Parque Cândido Portinari, em São Paulo.

O convênio insere empreendedores neste contexto, gera informação, treinamento, conhecimento, vivência prática e facilita o desenvolvimento de negócios e projetos entre as empresas que estão começando e aquelas que já se estabeleceram no mercado.
Os microempreendedores individuais (MEIs), empreendedores com faturamento de até R$ 60 mil por ano e até um funcionário já são responsáveis por mais de R$ 120 mil empreendimentos no mundo da moda brasileira. Isso corresponde a cerca de 46% das empresas do setor, segundo levantamento realizado pelo Sebrae. Os dados mostram ainda que outros 44% desse universo são de micro empresas (com faturamento até R$ 360 mil) e 10% de pequenos empreendimentos (faturamento até R$ 3,6 milhões), somando 271 mil estabelecimentos, o equivalente a cerca de 98% do total geral de empresas do mercado brasileiro de moda.

Em entrevista a edição especial da FFWMag de 2014, o presidente do Sebrae, Luiz Barreto, afirmou que “a figura do MEI permitiu que muitas pessoas que trabalhavam na informalidade ganhassem uma cidadania empresarial e benefícios previdenciários. E, especialmente no universo da moda, há muitas oportunidades para estes empresários. Existem cerca de 25 categorias do setor que podem ser MEI, como bordadeira, costureira, fabricante de contos e ourives, entre outros. É a chance de entrar pela porta da frente no mundo dos negócios”.

Na visão de Paulo Borges, idealizador do São Paulo Fashion Week, os MEIs são estratégicos para o setor da moda: “O conceito MEI atende esta vocação empreendedora do brasileiro e oferece a possibilidade de inserção e valorização desses profissionais no mercado da moda”.

Posicionamento e experiência de varejo

Além da agenda de missão técnica, o convênio viabilizará a participação de 17 micros e pequenas empresas de 10 estados brasileiros numa experiência de varejo única por meio do FFWSHOP – loja Popup de design e acessórios com curadoria assinada pelo SPFW e instalada no evento. A ação marcará a primeira participação de 10 das marcas escolhidas: Marchetaria, do Acre; Bruna Bert, de Alagoas; Native, do Amazonas; Mito, da Bahia; Carola, do Piauí; Vale da Seda, Do Paraná; Ame Bijoux e Escudeiro, do Rio de Janeiro; Dog Club, de Santa Catarina; e Rosi Zanon, de São Paulo. Entre as que retornam, estão: Rita Prossi (AM), Nathalia Tolentino (GO), Palone Design (RN), e Miwa (DF). Serão comercializados itens exclusivos, com valores entre R$ 50 e R$ 1,500, que incluem roupas, acessórios, calçados, linha pet, jóias, bolsas, artigos para viagens, entre outros. A primeira edição do Contextualizar na Moda, já beneficiou mais de 1 mil empreendedores, dentre eles, 69 já participaram da loja.

Foco na aceleração do crescimento
A grande evolução do Contextualizar na Moda II será sintetizada no projeto “Top 05”, que tem como objetivo identificar e revelar um grupo de empreendedores nas diversas atividades que envolvem a carteira da moda, ajudando a acompanhar e desenvolver uma metodologia organizacional, aumentando a perspectiva de crescimento e consolidação destas marcas no mercado.

Serão escolhidos 5 pequenos negócios que receberão diretamente o acompanhamento de uma equipe especializada de consultores. A proposta é criar cases de sucesso, que sirvam de modelo e inspiração para outros pequenos negócios e que possam apontar caminhos para atuar no mercado de alto valor agregado.

A finalidade maior desta ação é abrir novas oportunidades e dar todo o suporte e consultoria aos empreendedores selecionados pelo Sebrae, identificar aqueles com maior vocação para o desenvolvimento de produtos de valor agregado para a moda a fim de provocar um crescimento mais acelerado e de qualidade.

Sobre o convênio
O Contextualizar na Moda nasceu da necessidade de inserir as micros e pequenas empresas brasileiras no mercado de alto valor agregado da moda. Num cenário como o que tem se estabelecido nos últimos anos, bastante favorável, em razão das mudanças na legislação, com a criação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que possibilitou a criação do Supersimples e do Microempreendedor Individual, somado ao aumento de renda da população, o investimento na capacitação e formalização do setor tornou essencial.

A primeira execução, assinada entre o Sebrae e o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod) em 2012, veio ao encontro dessa demanda. Por meio dele, é possível criar oportunidades, não apenas para empreendedores do segmento têxtil e confecção, mas também dos ramos de calçados e acessórios, com foco no mercado de alto valor agregado.

As empresas escolhidas participam de uma programação intensa de consultorias, capacitações, palestras e participações em feiras, workshops e exposições, tendo acesso aos bastidores dos principais eventos do calendário da moda no Brasil: São Paulo Fashion Week (SPFW) e Movimento Hot Spot, além da Revista FFWMAG.

0