27
jun
2014
Festas Juninas, de bem com a balança? Como assim?

calorias-quitutes-festa-junina

Típicas do mês de junho, as festas “juninas” são tão queridas pelos brasileiros que algumas se iniciam em maio e se estendem até julho ou agosto. Assim, a chance de você ir a diversas festas com o tema Junina é enorme! Mas, não podemos deixar de nos preocupar com o elevado teor calórico de algumas preparações típicas (e não típicas) destas festas, como é o caso do pé de moleque, cocada, paçoca, algodão-doce, cachorro-quente, acompanhados de vinho quente, quentão, refrigerantes e cervejas.

            A maioria destes alimentos são ricos em calorias, açúcares e gorduras podendo levar ao aumento do peso se consumidos em excesso. Por isso, se você pretende ir a diversas festas juninas, tenha cautela.

milho

Alimentos como milho, abóbora, arroz e amendoim, sozinhos não oferecem riscos a sua dieta, o problema é que na maioria das vezes eles estão acompanhados de açúcar, creme de leite, manteiga, leite de coco, coco e leite condensado.

Alimente-se de forma saudável e equilibrada antes de ir para a festa, faça refeições de 3 em 3 horas e abuse das verduras e legumes nas refeições principais (almoço e jantar). Assim com certeza você comerá menos durante a festa. E como a maioria das festas acontece a noite, o ideal é que substitua o seu jantar por uma das preparações salgadas: o caldo verde (sem calabresa) e o churrasquinho no pão são ótimas opções. Para a sobremesa, escolha somente uma das opções e modere na quantidade.

caldo-verde

Os melhores alimentos que podem estar disponíveis são: milho verde, pipoca, caldo verde (sem calabresa), churrasquinho de carne ou frango, e bolo de fubá. Mas lembre-se, moderação sempre!

Confira a média de calorias de alguns alimentos típicos:

pacoquinhaPaçoca ( 1 unidade de 30g): 114 cal
Arroz doce (porção de 50g): 115 kcal
Milho verde (porção de 50g): 60 kcal
Canjica doce (porção de 50g): 115 kcal
Um pedaço médio de bolo de fubá: 160 kcal
Pé de moleque (porção de 50g): 210 kcal
Uma porção de amendoim salgado: 250 kcal

As bebidas típicas, como quentão e o vinho, se tornam um problema pois normalmente são preparados com uma grande quantidade de açúcar. Se você adora quentão (feito com gengibre e especiarias como cravo e canela, que por sinal são excelentes alimentos) é melhor fazer em casa, controlando a quantidade de açúcar. E no vinho quente também, evite acrescentar açúcar. Se estiver com muita vontade, pegue um copo de quentão e divida com alguém. Mas se houver outras opções como suco natural ou água de coco, prefira estes últimos. Evite refrigerantes e a cerveja pois, como já dissemos, são bebidas muito calóricas.

Se você pretende ir a mais de uma festa, procure não consumir tudo em todas!! Faça escolhas equilibradas: um dia coma um caldo verde e de sobremesa uma porção de canjica; outro dia um churrasco e bolo de fubá. Mas, se você vai a apenas uma festa junina e quer experimentar vários quitutes, combine de dividir as porções com alguém (marido, namorado, filha, amiga). Defina também o que quer comer, por exemplo: cachorro quente, canjica, quentão, pipoca e paçoquinha. Assim você aproveita, com metade das calorias!

Com equilíbrio e moderação é possível aproveitar a festa e todas as suas delícias, sem sair da linha e evitando ganhar alguns quilinhos!

cart-12

 

 

Mariana Assad
Nutricionista – CRN3: 30.802
Mestre em Ciências Médicas
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Universidade de São Paulo

0


15
jul
2013
O que devo fazer, comer menos ou malhar mais?

malhar-e-comerFoto: Google Imagens

Olá Garotas.

Resolvi escrever um pouco para vocês sobre essa dúvida cruel que a maioria de nós temos. Você já deve ter se perguntado faço meu treino certinho mas continuo com o mesmo peso? Saiba que você não é uma exceção.

Muitas pessoas se deparam com essa situação, o que esta acontecendo?!? Na maioria das vezes a falta de resultados está relacionado a uma alimentação inadequada.

Fala sério quem nunca comeu a mais do que devia e, mentalmente, dizer a si mesma que depois vai malhar mais ou fazer um tempo maior de aeróbico? A armadilha é achar que a quantidade de calorias ingeridas é a mesma quantidade de calorias que gastou durante o treino e assim em diante ir se permitindo extravasar.

 “Sei que não é novidade para ninguém, mas sempre é bom lembrar que a melhor alternativa para perder peso é aliar uma alimentação equilibrada à prática de atividade física regular. Muitas vezes, só de melhorar a qualidade dos alimentos que se coloca no prato já leva à perda de peso e de medidas”.

gluteosFoto: Google Imagens

Não pense que porque você pratica atividades físicas pode comer a quantidade e o que quiser. “Carboidratos são diferentes de proteínas, que são diferentes de gorduras e que se diferem em tipos de calorias. Para termos um bom resultado com a dieta e com os exercícios, é preciso trabalhar de forma segura e eficiente para conseguir atingir o nosso objetivo, levando em conta a diferença de cada um, como estilo de vida entre outros fatores. Para ter um melhor e mais rápido resultado, não adianta apenas fazer dieta e exercícios de qualquer maneira.

Antes de tudo é essencial fazer uma avaliação física e nutricional, onde cada caso deverá ser analisado individualmente e adequadamente. Para emagrecer saudavelmente, não adianta ficar sem comer ou comer poucas vezes ao dia. Isto torna o seu metabolismo mais lento. Fazer dieta da moda também não é a melhor solução para se seguir. Para ter melhores resultados nos treinos, você tem que comer, e várias vezes ao dia.

alimentaçao-saudavel(1)(1)

Fazendo uma alimentação correta, os efeitos do treino irão aparecer rápido na pele, no bumbum, nas coxas, nos braços e por aí em diante —, pequenas mudanças de hábitos também contam, como fazer escolhas certeiras antes e depois de ir à academia.

Nunca vá a academia sem antes comer algo, pois devemos fornecer combustível ao nosso organismo. Uma boa dica é comer uma fruta aliada a uma fibra, pois desta forma a glicose da fruta será liberada aos poucos. Ex. (01 banana + 01 colher de sobremesa de chia). Após o treino: lanches de pão com peito de peru, iogurte natural com cereal integral ou goji berry ou chia, frutas secas  e castanhas, ou leite de soja batido com fruta e flocos de quinoa.

Observação: “Essas são apenas dicas, como mencionado acima cada alimentação e porção é individualizada de acordo com o treino“.

Importante: “Saiba que seus músculos precisam de água! O líquido é fundamental para o rendimento nos exercícios porque facilita o transporte de nutrientes essenciais para a contração e o relaxamento das fibras durante o treino e alongamento.”

agua

GASTO CALÓRICO DA ATIVIDADE EM KCAL POR HORA OU POR MINUTO

(Calculado para uma pessoa de 70 kg)

Andando de bicicleta 180 a 300/hora
 
Balé 8 kcal/min
 
Basquete 10 kcal/min
 
Beijando 8 kcal/min
 
Beijar e fazer carícias 60 kcal/hora
 
Boxe 11 kcal/min
 
Caminhada 5,5 kcal/min
 
Caminhando rápido 520 kcal/hora
 
Caminhar devagar 240 kcal/hora
 
Carregando bebê 141 kcal/hora
 
Capoeira 12 kcal/min
 
Ciclismo 6 kcal/min
 
Compra no Supermercado 270 kcal/hora
 
Corrida 10 kcal/min
 
Corrida 500 a 900 kcal/hora
 
Cozinhar 168 kcal/hora
 
Dança de Salão 3,5 kcal/min
 
Dançando rápido 605 kcal/hora
 
Deitado 77 kcal/hora
 
Digitando 95 kcal/hora
 
Dormindo 60 kcal/hora
 
Escrever 10 a 20 kcal/hora
 
Esqui aquático 11 kcal/min
 
Esqui na neve 7,5 kcal/min
 
Estudar 120 kcal/hora
 
Exercício leve 310 kcal/hora
 
Falando ao telefone 85 kcal/hora
 
Fazer amor 190 kcal/hora
 
Ficar de pé 130 kcal/hora

 

Futebol 9 kcal/min
 
Ginástica aeróbica 6 kcal/min
 
Ginástica olímpica 6 kcal/min
 
Golfe 3 kcal/min
 
Handebol 10 kcal/min
 
Hidroginástica 6 kcal/min
 
Jiu-jitsu 12 kcal/min
 
Jogando vídeo game 108 kcal/hora
 
Jogar futebol 580 kcal/hora
 
Judô 12 kcal/min
 
Lavar louça 60 kcal/hora
 
Limpeza de casa 300 kcal/hora
 
Mountain bike 12 kcal/min
 
Musculação 5 kcal/min
 
Natação 9 kcal/min
 
Natação 500 kcal/hora
 
Pintar casa 160 kcal/h
 
Remo 11 kcal/min
Squash 13 kcal/min
 
Subir escada 1000 kcal/hora
 
Surfe 8 kcal/min
 
Tênis 8 kcal/min
 
Trabalhar leve em pé 150 kcal/hora
 
Trabalho mental casa 60 kcal/hora
 
Vôlei 6 kcal/min
 
Windsurf 7 kcal/min

 

Fonte da Tabela: Bem Estar.

Aproveitem as dicas! Beijos a todos.

Simone Cury

Nutricionista – CRN3: 34.195

0


24
mai
2013
Trocas Inteligentes na Hora de Perder Peso

Criar o hábito de comer de tudo um pouco, fazendo trocas inteligentes faz parte do processo de reeducação alimentar, que é o segredo do sucesso para quem quer emagrecer sem sofrer.
Quem acredita que o sucesso para perder peso é fazer grandes restrições de alimentos ou aquelas dietas monótonas impossíveis de serem seguidas por muito tempo, esta muito enganado! A troca de determinados alimentos ou preparações mais saudáveis faz toda diferença.
Ao trocar alguns alimentos por outros similares menos calóricos e mais nutritivos, você verá o resultado na balança ao se pesar no final do mês. O melhor, é que a troca de alimento feita sob orientação e equilibrada, não compromete sua saúde e nem seus músculos.
O que devemos saber que emagrecer não é sinônimo de falta de gosto nos alimentos. Se usarmos algumas dicas inteligentes de trocas alimentares, podemos ir á pizzaria ou mesmo a lanchonete sem culpa. Com o passar dos tempos, emagrecer se tornou cada vez mais difícil devido a oferta de alimentos de rua serem na maioria das vezes os mais calóricos possíveis, agora para um cardápio saudável o ideal é aprender a fazer escolhas melhores, como por exemplo:

01 copo (240 ml) de suco de laranja com açúcar (180 calorias)
Troque por 01 copo (240 ml) de suco de laranja sem açúcar (81 calorias)
Diferença de 99 calorias.

01 fatia de pizza de 4 queijos (432 calorias)
Troque por 1 fatia de pizza vegetariana (230,4 calorias)
Diferença de 201,6 calorias.

01 prato (raso) de arroz com bife á parmegiana com 150 gr (971,2 calorias)
Troque por um prato (raso) de arroz com um bife de contra filé (298 calorias)
Diferença de 673,2 calorias.

A quantidade de calorias podem variar de acordo com o tamanho da porção.

Trocas inteligentes que emagrecem:

Não existe diferença significativa entre as calorias do pão de forma comum (branco) e do pão integral. No entanto, as versões integrais apresentam maior quantidade de fibras, que ajudam no bom funcionamento do intestino e promovem a saciedade por mais tempo.

Prefira o leite desnatado e queijos brancos. Todos são excelentes fontes de cálcio. O que difere, é que a versão integral do leite e os queijos amarelos, são ricos em gorduras e calorias.
Iogurte light, desnatados ou probióticos são sempre bem vindos ao invés dos integrais ou os que contêm muito açúcar, calorias e poucos nutrientes como os do tipo flans. Os probióticos são microorganismos adicionados no alimento que, quando ingeridos, exercem efeitos benéficos para a saúde e equilibram a flora intestinal.

Biscoitos integrais: com a troca, você substitui a farinha refinada pela integral, consome menos açúcar, menos gordura e mais fibras quando comparados aos recheados e amanteigados.

Legumes in natura diante dos enlatados, são mais saborosos e possuem menos sódio, boa alternativa para quem está de olho na pressão arterial.
É comum as pessoas acharem que os cereais não são engordativos. Porém não é bem assim! A maioria deles é feito exclusivamente com farinha refinada, que não contém fibras e aumenta mais rapidamente a glicemia, fazendo você sentir fome de novo mais rapidamente. Procure pelas versões integrais, sem açúcar, ou pela aveia, cereal muito nutritivo, pouco calórico, de baixo índice glicêmico e funcional (previne a obesidade, o diabetes, doenças cardiovasculares e reduz o colesterol).
A batata frita tem 3 vezes mais calorias do que a cozida!

O salmão é uma carne magra, rica em proteína e em ômega 3, que auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares e de alguns tipos de câncer. As carnes vermelhas (picanha, cupim, costela, carne seca e maminha) possuem muita gordura saturada, que além de calorias, podem aumentam o colesterol ruim (LDL).

Se não abre mão de um sorvete de massa, extremamente gorduroso e calórico; prefira os picolés de fruta ou de massa do tipo frozen iogurte, mais magros e tão gostoso quanto os tradicionais cremosos de massa.

Uma taça de salada de frutas ao invés de uma tortinha de fruta. Quem quer emagrecer, fuja dessas tortinhas. A massa delas é pura manteiga e açúcar. Muito calóricas, gordurosas e pouco nutritivas.

O azeite de oliva, das gorduras, é a melhor opção para temperar os alimentos. Possui grande quantidade de ácidos graxos monoinsaturado e antioxidantes que previnem doenças.

Emagrecer é um processo que demanda orientação nutricional e dieta específica, por isso, consulte um nutricionista e mantenha sua saúde sempre em dia.

Fonte: BBel um Estilo de Vida

0