3
out
2014
Emagrecimento modifica celebridades!

Vejam a nova versão de algumas celebridades. Adam RichmanMiranda Lambert entre outros que se despediram de seus antigos corpos e se transformaram em pessoas completamente diferentes. A vida corrida de celebridades que muitas vezes estão cansados mentalmente e fisicamente doentes, é de encarar os paparazzis no dia-a-dia como se nada estivesse acontecendo. Confira abaixo como alguma dessas estrelas viram seus quilos sumirem e desintegrarem no universo, para nunca mais serem vistos, exceto pela possibilidade de recaída pelas tentações de guloseimas da vida real.

jennifer-hudson-before-afterFonte: www.zap2it.com

Jennifer Hudson emagreceu 80 quilos em quatro anos, enquanto ela era uma porta-voz do Vigilantes do Peso. 

AdamAdam Richman, era um homem que apresentava alimentos nada saudáveis em seu programa, “Man vs Food”. Agora se tornou contra o controle de danos que a mídia social pode causar, Adam usou a polêmica palavra “thinspiration” ao promover seu novo corpo no Instagram.

mirandaFonte: www.tasteofcountry.com

Miranda Lambert trocou Cheetos e bacon por suco verde saudável. No entanto, a superstar ainda permite um lugar a mesa para frango frito. Miranda perdeu 20,4 kg. 

christina-weight-voiceFonte: www.sheknows.com

A cantora Christina Aguilera tinha um guru de fitness e fez muita ioga. Yoga Fire é um movimento especial do videogame Street Fighter. 

pratt_mnFonte: www.mnn.com

Chris Pratt é então retalhado. Ele é como alface picada. Cuidado com Pratt atacando seus sentidos auditivos quando vê-lo atuando no filme “Guardiões da Galáxia” que promove comerciais que mostram o dia todo, todos os dias, o que parece impossível escapar da exibição dos músculos de Pratt

Trainer-Reveals-Secrets-to-Beyonce-s-60-Pound-27-2-Kg-Weight-Loss-2Fonte: www.news.softpedia.com

Vejam a Beyonce! Lançou um álbum surpresa, teve um bebê, e saiu em turnê com Jay-Z. Além disso, fez uma dieta vegana de 22 dias, que supostamente tinha pudim de baunilha, chia, hummus e vegetais crus. 

É pessoal, vimos que, ou você nasce com sua genética skinny ou então vai ter que se sacrificar para ficar com o corpo tão desejado.

Volte sempre e até o próximo post!!! 

0


11
ago
2014
Alimentação Escolar Saudável

As mamães costumam ter dúvidas quanto ao que oferecer nos lanches para as crianças, e com a volta às aulas este pode ser um assunto de interesse. Algumas escolas oferecem refeições, e neste caso, devemos procurar sempre saber o que está sendo servido. Além disso, devemos ter à disposição opções de lanche saudáveis para que as crianças levem nas escolas, ou para que elas consumam no período de lazer.

frutasÉ importante lembrar que o lanche serve para repor as energias da criança no intervalo das aulas e/ou das brincadeiras. Por isso, esta refeição no meio da tarde ou da manhã precisa ter alimentos que forneçam energia, como frutas, bebidas (água de coco, sucos naturais) e biscoitos, pães ou bolos integrais.

Devemos evitar que as crianças se acostumem a comer nas cantinas escolares. É sempre melhor levar um lanche de casa. Embora as escolas e cantinas hoje já estejam mais preocupadas com a qualidade dos alimentos que servem para as crianças, ainda há grande quantidade de alimentos gordurosos (diversas opções de salgadinhos fritos, sorvetes, chocolates) e ricos em açúcar (balas, doces, refrigerantes e sucos industrializados).

sand_natural_frangoTambém é fundamental que a lancheira seja uma continuação da mesa familiar. Os pais precisam dar bons exemplos, compartilhando com os filhos o consumo diário de frutas, verduras, legumes, alimentos integrais e que evitem as frituras, fast foods, doces e refrigerantes. A alimentação da criança é reflexo do que os pais comem em casa e um lanche saudável na escola não vai ser bem aceito pela criança se em casa a alimentação não for saudável.
Algumas opções saudáveis, além das frutas (banana, maçã, uva, pêra, ameixa) são cenouras cruas ou cozidas cortadas em palitos e guardados em potinhos dentro da lancheira. Esses alimentos podem ser combinados com água de coco, sendo feita a utilização de garrafas térmicas.

Veja mais algumas dicas:

Invista nas frutas:  sempre uma ótima opção mas, tome cuidado com o seu armazenamento. Uma dica é embalar no papel toalha ou plástico as frutas mais sequinhas e com casca como: banana, maçã, tangerina ou pêra. Para as frutas pequenas ou que amassam facilmente, como o morango, a uva, a cereja, coloque em um potinho para não prejudicar a aparência, já que primeiro comemos com os olhos. E para as crianças, imagem é tudo! Existem ainda as frutas desidratadas que também são ótimas opções.

Utilize pãezinhos com patê caseiro: use pãezinhos, de preferência integral. Tem bisnaguinha integral, mini pão sírio integral, mini pão francês integral, mini pão multigrãos. Outra ótima opção é fazê-los em casa, utilizando farinhas integrais. Para o recheio: patê caseiro de ricota com linhaça ou chia; queijo branco com cenoura; peito de peru com tomate e requeijão; antepasto de abobrinha com alecrim ou orégano; geléia de fruta (de preferência caseira). Cuidado com o uso de requeijão e maionese nos lanches, pois podem estragar, devendo estes alimentos ser evitados. Uma boa substituição é a pasta de ricota.

Utilize legumes: Os legumes também podem ser utilizados como variação, como por exemplo o tomatinho cereja, a cenoura e o pepino cortados na forma de palitinhos.

iogurtePrefira os iogurtes: rico em proteínas e cálcio, importante para a saúde dos ossos e dentes. Mas temos que ter alguns cuidados, já que é um alimento muito perecível. Deixe para tirar da geladeira próximo do horário de ir para a escola, colocando em lancheira térmica. E não arrisque colocar na lancheira do seu filho nos dias de muito calor!

Use da água de coco: A água de coco de caixinha é uma opção para os dias de calor. Além de hidratar, ela tem muitos minerais. É mais recomendada que os sucos de caixinha.

sucosEvite sucos de caixinha: Estes sucos de caixinha tipo néctar são riquíssimos em açúcar, assim como os refrigerantes. O suco de fruta natural é sempre a melhor opção. Uma segunda sugestão seria os sucos de polpa congelada. Mas devem ser colocados em uma garrafinha térmica, pois ela protege da luz e da temperatura e isso impede que o suco fique oxidado, o que deixaria com um sabor azedo. Apesar de alguns estudos mostrarem que há uma redução de vitamina C após 4 horas do preparo, os sucos de maracujá, acerola e abacaxi, sofrem menor oxidação e não alteram seu sabor por até 6 horas. Por isso, prepare o suco perto do horário de ir para a escola. Para adoçar, utilize pouco açúcar. E para alguns sucos, como o de laranja, não é necessário adoçar.

Cuidado com bolinhos industrializados: são ricos em açúcares e gorduras. Faça opção por bolos caseiros (de preferência os que levam frutas/legumes) tais como: bolo de laranja, limão, cenoura ou fubá.

20131022150841698915oEvite biscoitos recheados:  ricos em açúcares e gorduras, por isso prefira sempre biscoitos sem recheio assim como os tipo maria, maisena ou água e sal. Cookies integrais também são boas opções. Elas também podem ser feitas em casa, no final de semana junto com a criança para levar na escola durante a semana. Trazer as crianças para dentro da cozinha, melhora muito a aceitação dos alimentos!

Mariana Assad
Nutricionista – CRN3: 30.802
Mestre em Ciências Médicas
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Universidade de São Paulo

Volte sempre e até o próximo post!!! 

0


27
jun
2014
Festas Juninas, de bem com a balança? Como assim?

calorias-quitutes-festa-junina

Típicas do mês de junho, as festas “juninas” são tão queridas pelos brasileiros que algumas se iniciam em maio e se estendem até julho ou agosto. Assim, a chance de você ir a diversas festas com o tema Junina é enorme! Mas, não podemos deixar de nos preocupar com o elevado teor calórico de algumas preparações típicas (e não típicas) destas festas, como é o caso do pé de moleque, cocada, paçoca, algodão-doce, cachorro-quente, acompanhados de vinho quente, quentão, refrigerantes e cervejas.

            A maioria destes alimentos são ricos em calorias, açúcares e gorduras podendo levar ao aumento do peso se consumidos em excesso. Por isso, se você pretende ir a diversas festas juninas, tenha cautela.

milho

Alimentos como milho, abóbora, arroz e amendoim, sozinhos não oferecem riscos a sua dieta, o problema é que na maioria das vezes eles estão acompanhados de açúcar, creme de leite, manteiga, leite de coco, coco e leite condensado.

Alimente-se de forma saudável e equilibrada antes de ir para a festa, faça refeições de 3 em 3 horas e abuse das verduras e legumes nas refeições principais (almoço e jantar). Assim com certeza você comerá menos durante a festa. E como a maioria das festas acontece a noite, o ideal é que substitua o seu jantar por uma das preparações salgadas: o caldo verde (sem calabresa) e o churrasquinho no pão são ótimas opções. Para a sobremesa, escolha somente uma das opções e modere na quantidade.

caldo-verde

Os melhores alimentos que podem estar disponíveis são: milho verde, pipoca, caldo verde (sem calabresa), churrasquinho de carne ou frango, e bolo de fubá. Mas lembre-se, moderação sempre!

Confira a média de calorias de alguns alimentos típicos:

pacoquinhaPaçoca ( 1 unidade de 30g): 114 cal
Arroz doce (porção de 50g): 115 kcal
Milho verde (porção de 50g): 60 kcal
Canjica doce (porção de 50g): 115 kcal
Um pedaço médio de bolo de fubá: 160 kcal
Pé de moleque (porção de 50g): 210 kcal
Uma porção de amendoim salgado: 250 kcal

As bebidas típicas, como quentão e o vinho, se tornam um problema pois normalmente são preparados com uma grande quantidade de açúcar. Se você adora quentão (feito com gengibre e especiarias como cravo e canela, que por sinal são excelentes alimentos) é melhor fazer em casa, controlando a quantidade de açúcar. E no vinho quente também, evite acrescentar açúcar. Se estiver com muita vontade, pegue um copo de quentão e divida com alguém. Mas se houver outras opções como suco natural ou água de coco, prefira estes últimos. Evite refrigerantes e a cerveja pois, como já dissemos, são bebidas muito calóricas.

Se você pretende ir a mais de uma festa, procure não consumir tudo em todas!! Faça escolhas equilibradas: um dia coma um caldo verde e de sobremesa uma porção de canjica; outro dia um churrasco e bolo de fubá. Mas, se você vai a apenas uma festa junina e quer experimentar vários quitutes, combine de dividir as porções com alguém (marido, namorado, filha, amiga). Defina também o que quer comer, por exemplo: cachorro quente, canjica, quentão, pipoca e paçoquinha. Assim você aproveita, com metade das calorias!

Com equilíbrio e moderação é possível aproveitar a festa e todas as suas delícias, sem sair da linha e evitando ganhar alguns quilinhos!

cart-12

 

 

Mariana Assad
Nutricionista – CRN3: 30.802
Mestre em Ciências Médicas
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Universidade de São Paulo

0


10
jun
2014
Petiscos para a Copa do Mundo

fuleco-3Olá gente linda. Fazia algum tempo que não trazia dicas nutricionais aqui no blog pra vocês, não é mesmo? Sou formada em nutrição e, para mim, poder compartilhar algumas dicas é de grande importância. Portanto, como não tenho tido tempo de escrever sobre nutrição, convidei como colaboradora nutricional do blog minha colega Mariana Assad que é Nutricionista e Mestre pela Divisão de Cardiologia do HCFMRP-USP, para trazer informações e dicas pra vocês. Então segue as dicas da nutri…

Assistir aos jogos de futebol acaba se tornando um momento de confraternização, e muitas pessoas já programam uma cervejinha acompanhada de churrasco ou petiscos. Mas essas cervejinhas e os petiscos escondem calorias que podem detonar sua silhueta.

Para se ter uma ideia, um copo de 250 ml de cerveja tem, em média, 120 calorias. Pode parecer pouco. Mas imagine 5 copos, equivalem a 600kcal (quilocalorias) e 10 copos durante os 90 minutos de uma partida de futebol são 1200 kcal. Uma porção pequena de batata frita (de 50 gramas) rende 260 kcal. E um pedacinho de queijo provolone (uma porção de 25 gramas) pode render 84 kcal e detonar sua dieta sem você perceber.

O churrasco também pode agregar muita gordura e muitas calorias. Se for a um churrasco, fuja de carnes como cupim, costela, coração de frango e retire toda a gordura visível das demais carnes. Os cortes de frango devem ir à churrasqueira sem a pele, pois com o aquecimento, a gordura da pele do frango derrete e penetra na carne. Aproveite a brasa da churrasqueira e acrescente legumes como abobrinha, cenoura e berinjela no seu  churrasco, fica uma delícia! Alimentos como pão de alho e maionese não devem ser consumidos. Troque por uma salada com vinagrete. Evite ainda consumir qualquer alimento (ou bebida) enquanto o jogo acontece. Ou seja, deixe para degustar os petiscos sempre nos intervalos dos jogos. Isto porque enquanto assistimos TV nosso cérebro não presta atenção ao que comemos e não manda os devidos sinais de saciedade. Assim, corremos o risco de comer mais do que precisamos (e, na maior parte das vezes, alimentos muitos calóricos). Por isso, se você quer aproveitar a copa sem ganhar quilinhos extras e indesejáveis, é importante confraternizar com consciência.

Boas opções de petiscos

Água saborizada – são boas opções para substituir o refrigerante pois não contém calorias e nem aditivos químicos (pode-se acrescentar limão, laranja, tangerina, maçã, hortelã, manjericão à água mineral).

agua-saborizada-como-fazer1-516x340

Suco natural – escolha opções menos calóricas como abacaxi, caju, melancia, maracujá, limão e morango. Cuidado ao adoçar, use pouco açúcar, adoçante ou não adoce (já que para algumas frutas não é necessário).

imagem-destaque-suco-natural

Cerveja – pode ser consumida, desde que com muita moderação. Intercale copos de água mineral aos copos de cerveja, desta forma você consumirá menor quantidade de bebida alcoólica.

cerveja

Pipoca – desde que não utilize a industrializada, é rica em fibras e antioxidantes. Apenas limite a quantidade: 2 pratinhos de sobremesa são suficiente para matar a vontade e não pesar na balança. Veja como fazer pipoca caseira sem óleo: coloque 4 colheres de sopa (ou mais, dependendo da quantidade de pessoas) de grãos de milho em um saco de papel (serve aquele saco de padaria em que se vende o pão francês), e leve-o ao micro-ondas em potência máxima por aproximadamente 2-3 minutos (o tempo de estouro do milho vai depender da potência de cada micro-ondas). E está pronto! Você pode preparar também um sal de ervas para acompanhar, batendo 1 xícara de sal marinho (ou sal do Himalaia, ou sal rosa) com 1 xícara de ervas desidratadas à sua escolha (manjericão, alecrim, orégano, cebolinha, salsa) no liquidificador, e depois peneirando na pipoca.

pipoca

Chips assados de batata doce, inhame, beterraba, cenoura…

Para preparar esses petiscos, lave bem os alimentos antes de cozinhá-los. Depois, corte-os em fatias finas e distribua-os em uma forma anti-aderente, levando ao forno pré-aquecido, à potência máxima, até dourarem. Quando estiverem prontos, pode acrescentar um fio de azeite extra-virgem e um pouco de sal para temperar.

Estes chips são uma alternativa saudável aos salgadinhos industrializados. São alimentos que possuem uma boa oferta de carboidratos, promovendo energia, e seu preparo é livre de gorduras saturadas e trans (o azeite é uma gordura insaturada, cujo consumo moderado traz benefícios à saúde).

1376351_755086791184998_565525065_n

Frutas oleagenosas – um mix de oleaginosas também é uma boa opção. As mais indicadas são a castanha-do-pará, amêndoas, castanha-de-caju, amendoim sem sal, macadâmia, avelã e nozes, que podem ser consumidas junto com frutas secas como o damasco, a tâmara e uvas passa.

As oleaginosas são conhecidas por promoverem saciedade, além de serem ricas em ricas em nutrientes importantes para nosso corpo como proteínas, fibras, vitamina E, selênio, zinco, cobre e magnésio. No entanto, por serem muito calóricas, devem ser consumidas com moderação. Além disso, procure consumi-las sem sal.

frutas-oleaginosas

Você ainda pode usar:

Carpaccio 

Pode ser de carne, salmão ou Haddock. Sirva com torradinhas, rúcula e molho de mostarda.

Carpaccio de SalMão Defumado-005

Bruschettas

Sirva fatias de pão italiano com tomate pelado, dentes de alho, azeite, folhas de manjericão e temperos como sal (com moderação) e pimenta do reino moída. Outra opção é colocar cebola roxa com creme de ricota temperado, ou ricota com alho poró e noz moscada. Para variar o cardápio, vale usar shitake e fundo de alcachofra.

bruschettas

Canapés

Compre pão integral de cenoura e coloque patê de azeitona verde. O patê pode ser feito com iogurte desnatado (ótimo substituto para a maionese), cenoura ralada e azeitona verde (bata esses ingredientes no liquidificador).

Sanduíches de ricota

Pão integral com recheio de ricota. Para o recheio, pegue uma cebolinha, duas colheres de sopa de ricota e duas colheres de sopa de iogurte desnatado, e bata no liquidificador. Depois é só temperar o recheio com um pouco de sal e azeite.

Sanduíche no espeto

Para montar um sanduíche no espeto além de saudável fica muito charmoso, use pedacinhos de pão integral, queijo, tomatinho cereja, cenoura e beterraba cruas e peito de peru. Tempere com ervas finas e azeite.

Palitinhos de tomate cereja com queijo branco e abobrinha

Faça um espetinho com queijo branco cortado em cubos, ½ unidade de azeitona preta, 1 fatia fina de abobrinha e 1 tomatinho cereja. O efeito visual é lindo, e a consciência não pesará!

aperitivo-6

Mariana Assad – CRN 3 – 30.802

Nutricionista pela FMRP-USP

Mestrado pela Divisão de Cardiologia do HCFMRP-USP.

E ai, gostaram das dicas da Mariana?

Volte sempre e até o próximo post!!! 

0


10
out
2013
Alimentos chave na dieta dos atletas

Olá gente linda!!!

Será que os atletas consomem os nutrientes necessários todos os dias?

Para que os atletas atinjam seus melhores resultados, a dieta tem um papel fundamental, afinal, são os nutrientes que o indivíduo ingere que irão proporcionar a força, velocidade e resistência que ele precisa para os treinos e também auxiliar na recuperação muscular e do organismo como um todo.

Saiba quais são os 10 alimentos amigos dos atletas:

1 – Leite e iogurte desnatados: Eles são ricos em: água, cálcio, proteínas de alta qualidade, vitamina A e D, fósforo, etc. Consuma pelo menos um copo grande de leite ou iogurte pela manhã e outro à tarde e/ou noite. Acrescente também em seus lanches intermediários queijos brancos e requeijão. Lembrando que, infelizmente, a gordura do leite é saturada, então troque os laticínios pelas versões desnatados/light.
2 – Banana: A banana é uma fruta rica em carboidratos, vitaminas do complexo B e potássio. É ótima opção para um lanche rápido, pois é rica em energia, apesar de não ser muito calórica. Ficará mais nutritiva se consumida com algum cereal (aveia, granola, linhaça) e mel. Ótimo lanche pré-treino.

3 – Peixes: Carne branca, leve e de fácil digestão. Sua gordura é boa e necessária ao organismo. A proteína do peixe é facilmente digerida e utilizada. Se você não consegue consumir porções de peixe pelo menos 3x por semana, se necessário faça uma suplementação com cápsulas de ômega 3.

4 – Aveia: Carboidrato de baixo índice glicêmico, ou seja, demora mais para virar glicose no sangue e evita acúmulo de gordura. Rica em energia, fibras, vitaminas e minerais, a aveia consegue enriquecer qualquer receita e torná-la mais saudável. Utilize no pré-treino ou antes de dormir para que a energia seja prolongada.

5 – Azeite de oliva: Rico em gorduras monoinsaturadas, aquelas consideradas boas e que não se acumulam como gordura localizada e/ou nas artérias. As gorduras monoinsaturadas fornecem energia, produzem hormônios e dificilmente farão a pessoa engordar. Também possui vitamina E, um antioxidante poderoso para quem faz atividade, evitando que as células sejam danificadas. Consuma todos os dias na salada, sobre o pão ou em torradas.

6 – Peito de frango: Fonte de proteína magra, com alta concentração de proteína por porção, fácil digestão e rápida absorção. O ideal é consumir peito de frango grelhado, ou ao molho de tomate, nunca frito, à parmegiana, à milanesa, etc.

7 – Oleaginosas: As gorduras das oleaginosas são boas e raramente se acumulam como gordura localizada, desde que você consuma 1 palma de mão em forma de concha ao dia. Aproveite para consumi-las nos lanches pré-treino, antes do dormir ou quando bater aquela vontade de comer salgadinhos, lanches ou biscoitos. Faça um mix com amendoim, amêndoas, castanha de caju, castanha do Pará, macadâmia e avelã.

8 – Batata doce: A batata doce é um alimento rico em fibras, e sua liberação de energia no sangue é mais lenta do que os outros tipos de batata, por isso é tão usada no meio esportivo. Ela é uma boa estratégia para quem necessita aumentar carboidratos em seus cardápios e não quer ganhar gordura abdominal. Consuma-a no pré-treino.

batata-doce

9- Chá verde: Pode ser consumido na forma de chá ou em cápsulas. O chá verde é um potente antioxidante. Seus maiores benefícios são a melhora da concentração e o fornecimento de energia durante os treinos. Consuma-o diariamente.

10- Ovos: Estudos revelam que os ovos não fazem mal à saúde, nem engordam, ou aumentam o colesterol. Realmente a gema possui uma quantidade significativa de colesterol, porém, o que aumenta o mesmo é a gordura saturada e o ovo não possui muito. Sem contar que a clara é 0% gordura e rica em proteína (albumina). A albumina é uma das melhores proteínas de origem animal. Faça omeletes, ovos cozidos e mexidos, principalmente à noite, afinal, a albumina é digerida e liberada de forma lenta.


Todas as pessoas ativas devem ser adeptas à reeducação alimentar, que deve ser orientado por um nutricionista.

Agora que você já conhece alguns alimentos chave na dieta dos atletas, é só ter força de vontade e conquistar o corpo que sempre desejou.

Simone Cury

CRN3: 34.195 – Nutricionista

 Volte sempre e até o próximo post!!! 

0