9
mai
2013
Alerta: Exercícios devem ser orientados e prescritos por profissionais capacitados

Atividade física é definida como qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos e que resulta em gasto energético.

image (1)Foto: Acervo Pessoal

As pessoas, na sua preocupação com a saúde, tem de estar consciente para o fato de que saúde e longevidade devem vir acompanhadas de qualidade de vida.
A atividade física é uma aliada imprescindível para obtenção da saúde física e mental, e deve ser praticada de forma correta e contínua ao longo de toda a vida. Exercícios devem ser incluídos na rotina diária, para combater os efeitos nocivos do stress e vida sedentária.

O que me preocupa como educadora física, há mais de 20 anos, é que muitas pessoas vem se exercitando de maneira inadequada, colocando em risco a saúde, principalmente das articulações. Isso é muito sério!

 Todas as atividades devem ser prescritas por profissionais de educação física capacitados e habilitados, para que realmente os benefícios desses exercícios sejam reais e sem risco. Até para correr ou caminhar, que são movimentos naturais, requer técnica adequada, como por exemplo, tempo de duração, posição dos pés, postura do tronco, controle da freqüência cardíaca, alongamento antes e depois e volta à calma.

O ideal é que os exercícios sejam realizados, no mínimo, 3 vezes por semana, com duração de 40 a 60 minutos, podendo chegar a 6 vezes na semana. Essa freqüência e duração devem ser estipulados e analisados obedecendo os limites de condicionamento físico de cada indivíduo.

Importante frisar que não é adequado realizar treinos iguais e repetitivos. O corpo humano é uma máquina constituída de cadeias musculares e os músculos devem ser trabalhados e solicitados de forma alternada e equilibrada, para evitar sobrecarga, lesões articulares e fadigas musculares

Benefícios da atividade física:

  • Na aparência:
  • Melhora seu visual, sua postura
  • Os músculos ficam mais eficientes e com melhor tônus
  • Combate o excesso de peso e o acúmulo de gordura
  • No trabalho:
  • Aumenta a produtividade e o rendimento
  • Combate o estresse e a indisposição
  • No dia a dia:
  • Maior disposição para as tarefas cotidianas
  • O coração trabalha de forma mais segura e eficiente
  • Aumenta o fôlego
  • Melhor elasticidade e flexibilidade do corpo
  • Melhora a auto-estima e a qualidade do sono
  • Vive melhor e com mais qualidade
  • Na saúde:
  • Aumenta a qualidade e a expectativa de vida
  • Melhora o sistema imunológico

Previne e reduz os efeitos de doenças como: 

  • Cardiopatias
  • Estresse
  • Obesidade
  • Osteoporose
  • Hipertensão arterial
  • Deficiências respiratórias
  • Problemas circulatórios
  • Diabetes

COLOQUE VITALIDADE, ENERGIA e ALEGRIA EM SUA VIDA… Faça exercícios com orientação adequada. Certifique-se e exija do seu professor o documento de habilitação e identificação profissional, CREF ( Conselho Regional de Educação Física ).

À disposição para mais esclarecimentos,

Acesse o site: www.academiafitmulher.com.br/contato.php

Roberta Martinez Paíno

Educadora Física – CREF: 033812-G/SP

0


3
mai
2013
Vai para a academia? Saiba a importância da alimentação antes do treino

Olá Garotas.

Hoje vou falar um pouco sobre a importância da alimentação antes do treino. Bom, não resta a menor dúvida de que ingerir alimentos corretos antes e depois da malhação garante energia e ganho de massa magra, pois, a alimentação saudável e equilibrada durante todo o dia é responsável pelo bom desempenho das atividades físicas em diversas modalidades.

Então pessoal, não é fácil conseguir o corpo desejado ou músculos definidos, não basta apenas seguir uma rotina de atividade física. A alimentação tem papel fundamental neste processo, seja de emagrecimento, ganho de massa muscular ou para definição de musculatura.

health-fitness                                                                                             Imagem: Divulgação

Antes de iniciar o treino, é preciso se alimentar, para fornecer ao organismo energia para executá-lo, principalmente, o tão temido “CARBOIDRATO”. O problema é que, com medo de engordar, as pessoas deixam de lado um nutriente que, além de ajudar na definição dos músculos, o nosso organismo funciona como se fosse um carro e o carboidrato nosso combustível. Por isso, nem pense em reduzir totalmente os carboidratos da dieta, pois o organismo passa a usar as proteínas para produção de energia, principalmente às custas da massa muscular, ou seja, se você não ingeriu o carboidrato (combustível) o seu organismo tem que tirar energia de algum lugar para funcionar, então, ele vai buscar a energia que está dentro da massa muscular e dessa forma você malha, malha e não vê resultados.

Dependendo da intensidade, é muito importante realizar uma refeição sólida em torno de 30 a 60 minutos antes do início do treinamento, compostas por alimentos ricos em carboidratos complexos (são mais lentamente digeridos, evitando assim, as grandes elevações e queda dos níveis glicêmicos. São eles: arroz, aveia, feijão, massas, batata, milho, pão… Mas tome cuidado para não exagerar! O consumo de carboidratos complexos não pode ultrapassar de 60% das calorias totais ingeridas, ou o feitiço acaba virando contra o feiticeiro. rsrsrs) e lógico que proteínas nas quantidades indicadas. As fibras dietéticas devem estar reduzidas, como também as gorduras e a frutose, por retardarem o esvaziamento gástrico.

Tão errado como não se alimentar direito, é fazer uma refeição pesada antes de treinar. “Por conta da digestão, o organismo vai demorar a disponibilizar energia para o treino e gerar desconforto”. Daí a importância de se montar um cardápio que contenha os nutrientes necessários para cada objetivo e as quantidades individuais, de acordo com a intensidade de exercícios. O ideal é você procurar um nutricionista para fazer um plano alimentar adequado a você e a intensidade do seu treino.

Os principais objetivos dessa conduta nutricional antes do treino são: evitar sentir fome e o desconforto gastrointestinal durante exercícios, o indivíduo pode entrar em um estado de catabolismo, que é a perda de massa magra (musculatura) induzido pelo exercício, favorecendo a maior liberação insulínica e maior síntese de glicogênio; evitar sintomas como hipoglicemia, sentir fraqueza, tonturas, indisposição para o treino e rápida fadiga, atrapalhando o desempenho e o resultado.
Ideais para pré-treino: mingau de aveia, batata doce cozida, frutas acompanhadas de fibras ou oleaginosas, pães integrais com pasta de gergelim ou de grã de bico, sanduíche de atum, shake de frutas com fibras (linhaça, chia, aveia, goji berry, quinoa ou amaranto).

E claro que deve preocupar-se com a ingestão de líquidos…antes, durante e depois dos exercícios. A água de coco natural é um excelente repositor de eletrólitos. Frutas secas também são uma boa opção para os intervalos de treino ou para durante uma corrida intensa.

Essas dicas de alimentação aliadas a exercícios irão tornar mais agradável e rápido o processo de emagrecimento ou definição. Enjoy!

Simone Cury
Nutricionista Clínica                                                                                                                                                                                                                                   CRN: 34.195                                                                                                                                                                                                                                                         Email: simonecury77@gmail.com

0


2
mai
2013
Suco Betacaroteno

Este suco é super saudável, pois, a oxidação do betacaroteno promove um bronzeado dourado e contribui para sua duração. Vocês devem estar se perguntando!?! Mas estamos no outono? Sim eu sei. Então, agora é a hora de começarmos a investir para o verão.

sucocenoura                                                                                       Imagem: Divulgação

Ingredientes

1 unidade pequena de água de coco

1/2 unidade pequena de manga

1/2 unidade média de cenoura inteira crua

1 col. (sobremesa) de semente de gergelim

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Sirva a seguir.

Calorias aproximadas por porção: 165 cal.

Simone Cury
Nutricionista Clínica
Email: simonecury77@gmail.com

0


21
abr
2013
SUCO DETOX

Poderoso suco detox

Ingredientes
suco de 1 laranja e 1 limão
1 cenoura pequena
1 beterraba pequena
1 tomate pequeno
4 fatias de gengibre
18 folhas de hortelã
10 gotas de própolis (em casos de gripe colocar 30 gotas)
1 colher (chá) de pó de guaraná
2 colheres (chá) de pólen
2 colheres (chá) de levedura de cerveja
1 colher (sopa) de mel silvestre

· Triturar tudo no liqüidificador e tomar diariamente in-natura (sem coar) pela manhã antes do desjejum (o efeito benéfico é de imediato, porém você colherá os frutos (pele saudável e intestino regular) com o uso freqüente por vários anos seguidos.

Nutrientes
Valores por receita

Calorias (Kcal)
227

Proteínas (gramas)
10,38

Lipídeos (gramas)
1,05

Carboidratos (gramas)
10,80

————
Análise Nutricional do “Suco Antioxidante” pelo Departamento de Nutrição da USP

O suco contém boa quantidade de antioxidantes, que são elementos que combatem o envelhecimento do organismo, até mesmo causado pelos exercícios físicos. É nutritivo, pois contém betacaroteno, vitamina E, C, as do complexo B, sódio, potássio, ferro, cálcio, magnésio, fósforo, zinco, entre outros…

O pólen das abelhas contém proteínas, vitaminas do complexo B (que participam do processo de produção de ATP), carboidratos e várias enzimas. Podem ajudar na prevenção de espirros, secreção nasal e outros sintomas decorrentes das alergias sazonais.

Já o própolis é um antibiótico natural, preparado pelas abelhas, é composto de resinas, balsamos, ceras e pólen. De grande poder bactericida, é empregado nos casos de gripes, febres, afecções da garganta, vias respiratórias, má digestão. Favorece a formação de anticorpos e eleva o nível de proteínas no sangue. Também é usado em casos de cortes, picadas de insetos e herpes.

O pó de guaraná é muito conhecido como estimulante natural e pode deixar o indivíduo em sinal de alerta.

O levedo de cerveja contém um potente antioxidante, chamado ácido alfa-lipóico, que tem se mostrado promissor no tratamento de algumas lesões cerebrais.

A hortelã é cultivada em todo o mundo como agente aromatizante e fitoterápico. Relaxa a musculatura do trato digestivo, ajudando a aliviar as cólicas intestinais e a flatulência (gases). Além disso, é um antídoto para o mau hálito.

Para aqueles com propensão (ou que apresentem) ácido úrico, o tomate deve ser adicionado sem as sementes.

Quem tem qualquer disfunção ou restrições médicas ou nutricional deve sempre consultar seu médico ou nutricionista com antecedência.

Fonte: http://migre.me/ehkW2

0


20
abr
2013
Chia e seus benefícios

Olá Garotas!

Hoje vou falar um pouquinho sobre a chia, muita gente me pergunta para que ela serve e de qual forma comer.

chia-seeds-benefits

As sementes de chia são ricas em antioxidantes, cálcio, ferro, fósforo, selênio, potássio e magnésio. É ainda uma boa fonte de proteína, apresentando todos os aminoácidos essenciais, e de fibras solúveis e insolúveis.

As sementes de chia são um dos alimentos mais poderosos, funcionais e nutricionais do mundo, porque são uma excelente fonte de fibra, com antioxidantes e minerais, e a fonte vegetal conhecida mais rica em ômega 3. Ainda mais rica do que a Quinoa e salmão, por exemplo. Estas sementes são originárias do sul do México. Há sementes cinzentas, castanhas, pretas e brancas. Por serem ricas em ômega 3 esta semente torna-se um alimento protetor do coração e do cérebro. A ingestão de alimentos ricos em ômega 3 é muito importante para, por exemplo, prevenir problemas cardiovasculares, estados depressivos e diminuir os triglicerídeos no sangue.

As sementes de chia pertencem, tal como as de linhaça, às sementes mucilaginosas, isto é, formam um gel pectinoso incolor à superfície quando entram em contato com a água. Estas mucilagens são muito benéficas para o bom funcionamento dos intestinos.

Devido à sua riqueza nutricional e ao fato de saciarem facilmente são muito úteis para atletas ou para quem procura um aporte extra de energia. Ajuda a melhorar a resistência e rendimento de quem pratica muitas atividades físicas, além de contribuir para a recuperação muscular pós-treino, isso por causa da presença de proteínas vegetais, ômega 3 e também devido a presença de minerais que são perdidos pelo suor.  Como são isentas de glúten, são uma excelente opção também para celíacos.

Sugestão de utilização: pode espalhar as sementes inteiras em: iogurtes, saladas, frutas, sopa, sucos ou até mesmo com água.

As sementes de chia, ao contrário das de linhaça, não precisam ser cozidas ou moídas para se usufruir dos seus nutrientes, pois são facilmente digeridas.

Quem tem qualquer disfunção ou restrições médicas ou nutricional deve sempre consultar seu médico ou nutricionista com antecedência.

Simone Cury –  Nutricionista

0