28
jun
2013
GINÁSTICA FACIAL – SUAVIZA RUGAS E REJUVENESCE
Ginástica Facial – Fonoaudiologia que suaviza RUGAS e REJUVENESCE a face
Mais uma vez a Academia Fit Mulher se antecipa às necessidades do mercado e lança uma aula só para a musculatura do rosto.
Ginástica FaciaImagine prevenir ou até mesmo atenuar o efeito daquelas ruguinhas ou marcas de expressão indesejáveis?
Pois é, isso já é possível graças a fonoaudiologia estética, um novo tipo de tratamento apelidado de “musculação da face” onde a paciente/aluna exercita, alonga e relaxa a musculatura.
Nova especialidade recomendada para mulheres a partir dos 30 anos, que queira prevenir ou diminuir os efeitos do envelhecimento.
Atividade de baixo custo financeiro, não agride a pele,  promove auto-estima e ainda oferece ótimos resultados.
Agende uma aula experimental gratuita.
Toda sexta-feira das 9h às 10h.
Informações: (16) 3371.2631 / 3413-7377
www.academiafitmulher.com.br
0


26
jun
2013
Alimentos que Curam

Olá Pessoal,

na última quarta-feira (20-06), fui ministrar uma palestra no Collegium Sapiens, da qual o tema abordado esse ano foi ALIMENTOS QUE CURAM. Expresso aqui meu profundo agradecimento ao Collegium Sapiens, que mais um ano me deu a honra de receber esse convite para ministrar esta palestra aos alunos do 8° Ano, da cidade de São Carlos (SP). E logicamente agradecer a Professora Edna Passador e aos alunos presentes, por me proporcionarem mais este momento de encontro e reflexão sobre nutrição.

Como o tema é muito interessante, vim compartilhar com vocês do blog alguns itens abordados na palestra.

529477_565331143488563_1638129445_n

“Faça do seu alimento o seu medicamento” (Hipócrates)

Hipócrates já afirmava há 2400 anos que: “As doenças originavam-se da natureza e por ela poderiam ser curadas, quando se estabelece um equilíbrio entre meio ambiente, alimentos ingeridos e espírito”.
A estreita relação que os alimentos têm com a saúde do organismo e com o estilo de vida, é estudada ao longo de muitos anos e hoje já está bem estabelecida. Adotar bons hábitos alimentares ao cotidiano é imprescindível para qualidade de vida com longevidade.

Muitas doenças que acometem os seres humanos podem ter origem ou serem agravadas por uma alimentação inadequada. Apenas as doenças infectocontagiosas é que escapam dessa afirmação. Mesmo nesse caso, uma alimentação equilibrada e baseada em valores nutritivos proporcionados pelos alimentos naturais, frescos e saudáveis, ajudam as pessoas a se recuperarem mais depressa.

Salgadinho, sorvete, chiclete, hambúrguer, chocolate, jujuba, pizza, refrigerante. Tudo delicioso. Mas uma dieta baseada apenas nesse tipo de alimentação não faz nada bem.

Embora os açúcares e as gorduras contribuem para o funcionamento do corpo humano, quando você ingere esses nutrientes em excesso – com prejuízo dos alimentos que são fontes proteínas, vitaminas e sais minerais -, seu organismo sente as deficiências.

junk-foodImagem: Ilustrativa

Comer e beber corretamente significa balancear o cardápio de alimentos energéticos, construtores e reguladores – incluindo frutas, verduras, legumes, leguminosas, cereais, massas, carnes, ovos, leite e água. Cada grupo exerce tarefas  específicas para o seu crescimento e bem-estar físico.

Grupos alimentares e suas funções

Alimentos Energéticos Extras: 

Incluem gorduras, óleos e os açúcares adicionais (doces em geral e açúcar de mesa). As gorduras e os óleos são encontrados, principalmente, em produtos como margarina, manteiga, óleo vegetal e azeite de oliva.

Fornecem vitaminas A, D, E e K, importantes para o metabolismo. Por terem um alto teor de energia, seu consumo deve ser moderado. Evite frituras, salgadinhos ou doces à base de cremes – eles levam gordura excessiva ao organismo. As gorduras e óleos não devem ultrapassar 30% do valor calórico da dieta. Os açúcares também precisam ser consumidos com moderação.

Alimentos Construtores:

Leite e derivados, carnes, peixes, ovos, feijão, grão de bico, lentilha, soja etc. Fontes de proteína, constroem e renovam as células do corpo. Agem na formação e na conservação de tecidos (cabelo, músculos, órgãos, sangue e pele). Devem compor até 15% do valor calórico da dieta.

Alimentos Reguladores:

Verduras, legumes e frutas. Ricos em sais minerais, vitaminas e fibras. Auxiliam a digestão e a absorção de nutrientes, aumentam a resistência contra infecções, promovem o funcionamento do intestino e atuam em diversas outras funções do organismo.

Alimentos Energéticos:

Arroz, massas, pães, cereais, farinhas e tubérculos como a batata e a mandioca. São a base da pirâmide: constituídos basicamente de carboidratos, fornecem a maior parte da energia de que precisamos. Devem compor de 50 a 60% do valor energético da dieta.

ALIMENTOS QUE CURAM

O poder dos alimentos para manter a saúde é comprovado, mas nem sempre a gente valoriza o que põe no prato. Problemas como insônia e TPM podem ser aliviados com o cardápio certo.  “Como cada organismo é único, nem todos reagem da mesma maneira. Se os sintomas persistem, o acompanhamento médico é indicado para individualizar o tratamento.”

Renite Alérgica

Ambientes fechados ou floriculturas são armadilhas para os alérgicos. O acúmulo de pó e o pólen das flores provocam espirros e coriza porque a mucosa nasal inflama e produz secreção para proteger o organismo. A minha indicação é o consumo de abacaxi e agrião. “Chamamos de alimentos mucolíticos: possuem substâncias que quebram o muco e facilitam a respiração.”

Azia e Gases

Uma xícara de chá de alecrim pela manhã reduz sintomas de azia. As propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias da erva protegem a mucosa estomacal. O alecrim ou espinheira-santa em infusão são ótimos para aliviar gases.

Colesterol

A maçã tem pectina, fibra que auxilia na diminuição do colesterol plasmático, um dos principais responsáveis por problemas cardiovasculares. E uma colher de aveia no cardápio diminui a absorção de gorduras e favorece sua eliminação. Mas, o colesterol alto exige corte de gorduras. Elimine frituras e troque o leite integral pelo desnatado, por exemplo.

Hipertensão

Entre os fatores que podem provocar o aumento da pressão arterial, está a rigidez da parede das veias, dificultando a circulação sanguínea. Cigarro, stress, excesso de gordura e de sal podem disparar o problema. Aconselho a controlar o consumo de sódio, lembrando que “o sal está presente em alimentos industrializados e embutidos”. Morango, laranja e papaia são ricos em vitamina C, que contribui para estabilizar a pressão sanguínea e manter um alto nível do colesterol bom.

Cólicas

Uma xícara de chá de losna é a salvação para cólicas menstruais. A planta é encontrada em farmácias especializadas e tem óleos com capacidade anti-inflamatória e analgésica. Outra boa dica é o chá de arruda.

Intestino Preso

O segredo é ingerir fibras e muita água. Abóbora cozida, semente de linhaça, chia e brócolis são ótimas fontes. As folhas verde escuras, como escarola e almeirão, têm inulina, uma das fibras mais eficazes no estímulo da função intestinal. Para quem gosta de mingau, o farelo de aveia é uma opção. Uma das principais causa do intestino preso é a má alimentação. “Troque salgadinhos e doces, por frutas, hortaliças e cereais.”

Desânimo

Pode parecer clichê, mas a melhor injeção de ânimo é um café da manhã completo. Uma mesa com cereais, fibras e frutas (frescas ou secas) pode ajudar a “acordar” a glândula suprarrenal, responsável pela regulação do cortisol, hormônio associado ao stress. Para estimular a oxigenação dos tecidos e garantir o entusiasmo, nas demais refeições inclua ferro e vitamina B, com alimentos como lichia e verduras de folhas escuras. A vagem é um excelente tonificante,  muito usado nos estados de fraqueza.

Tensão Pré-Menstrual – TPM

“Estudos comprovam os efeitos benéficos dos derivados da soja, como tofu, leite de soja ou missô, ingrediente da culinária japonesa, para suavizar as mudanças hormonais”, Uma boa sugestão é adicionar frutas vermelhas ao lanche. Os dois grupos de alimentos auxiliam no equilíbrio do estrógeno e amenizam os sintomas da TPM. Complementar a dieta com fontes de vitamina B6, como batata, banana e cereais integrais, além de cálcio, encontrado no leite e derivados, e magnésio, presente nas castanhas.

Depressão

“O regime alimentar, nesse caso, precisa servir como estímulo para a pessoa voltar à vida criativa”. A importância de investigar a origem do problema. Para evitar a falta de vitaminas e minerais, que acelera o processo depressivo, recomenda o consumo de frutas e aveia. A boa notícia para algumas pessoas é que chocolate amargo tem o mesmo papel. Ele contém anandamida, substância que diminui a sensação de tristeza e reduz os níveis de hormônio do stress.

Câncer

Evidências sugerem que o brócolis atua na prevenção de alguns tipos de câncer! Esse vegetal tem altas doses de vitaminas A, C e E, substâncias antioxidantes, capazes de combater radicais livres e, em contrapartida, prevenir tumores malignos, como o câncer de mama. Os radicais livres aumentam quando se consume muita gordura, o que pode alterar a reprodução celular e causar o aparecimento de células cancerosas. O vegetal tem também clorofila , que funciona como desintoxicante, fazendo uma limpeza natural no organismo.

Anemia

Anemia é carência de um ou mais nutrientes essenciais, seja qual for a causa dessa deficiência. Lentilha, espinafre, carne vermelha, couve, feijão e brócolis são primordiais para se evitar e tratar a anemia.

Dica:  Após as refeições principais que onde acontece a maior ingestão de ferro, associar junto a essa refeição alimentos ricos em vitamina C, exemplo suco de laranja e evitar tomar leite e seus derivados junto ou após a refeição.

Imagem1

image

imageSimone Cury e Edna Passador – Professora

imageAlunos 8° Ano – Collegium Sapiens

imageAlunos 8° Ano – Collegium Sapiens

image

sapiens

 COLLEGIUM SAPIENS SÃO CARLOS – UNIDADE I
Rua Quinze de Novembro, 1289
Centro . 13561-206
(16) 3412-5070

 COLLEGIUM SAPIENS SÃO CARLOS – UNIDADE II
Rua Quinze de Novembro, 1333 – Centro . 13561-206 – (16) 3412-5070

0


22
jun
2013
Bolo de banana funcional

bolo_banana_

 

Este bolo de banana é elaborado com ingredientes 100% naturais e é uma ótima opção para uma pequena refeição balanceada e saudável.

O grande diferencial é o uso de WHEY PROTEIN e o ÓLEO DE COCO EXTRA VIRGEM, tornando a receita balanceada com proteínas de alto valor biológico e gorduras saudáveis (TCM + as gorduras mono saturadas da castanha do Pará).

Conheça os benefícios nutricionais:

Rico em proteína de alto valor biológico
Fonte de gorduras saudáveis: TCM e monossaturadas
Rico em selênio, magnésio e potássio
Rico em fibras
Sem lactose

Ingredientes:

1 e 1/2 xícara de farinha de trigo branca
2 xícaras de farinha de trigo integral
1 xícara de açúcar mascavo peneirada
2 scoops (colher medidora) de Whey Protein sabor baunilha (preferencialmente isolado)
2 col. de café de bicarbonato de sódio
1 col. de café de sal
1 xícara de banana passa picada ou uva passa
1 col. de sopa de suco de limão
2 xícaras de banana nanica ou ouro amassadas (bem maduras)
2 col. de sopa de óleo de coco líquido (se estiver sólido, derreta por alguns segundos no microondas)
1/2 xícara de mel
1 xícara de suco de laranja
1 ovo inteiro
1/2 xícara de castanha do Pará ou nozes pecã picadas grosseiramente
1 forma de bolo inglês ou uma forma de tamanho médio untada com manteiga e farinha de rosca

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno em temperatura média

Em uma bacia, junte os ingredientes secos e reserve

Em outra vasilha, misture os ingredientes líquidos com a banana passa , mexa bem e junte com a mistura seca, mexendo levemente, sem bater.

Coloque a massa na forma untada, salpique com as castanhas e leve para assar até que o bolo esteja dourado.

Composição nutricional por porção (1 fatia de 80g)

CALORIAS – 160 CAL
CARBOIDRATOS – 19 G
PROTEÍNAS – 6,5 G
GORDURAS – 5,0 G
FIBRAS – 1,2 G

Fonte: Na cozinha – Alessandra Luglio

0


5
jun
2013
BENEFÍCIOS E EXPLICAÇÕES SOBRE MUAY THAI

MUAY THAI AULA SOMENTE PARA MULHERES

Olá bloguetes, veja só quem a academia Fit Mulher trouxe aqui no blog para falar com vocês, o instrutor de Muay ThaiAlex Mello.

Imagem: Divulgação

“Olá pessoal, quero dividir com vocês um pouco da minha experiência dando aula na Fit Mulher e os benefícios do Muay Thai para mulheres”.

É bastante comum pessoas acharem que luta é coisa de homem e que mulher não curte. Talvez no passado tenha sido assim, mas nos dias de hoje, esta afirmação é falsa.

As mulheres cada vez mais se interessam por artes marciais, elas não se contentam apenas em assistir, querem também praticar. Esse esporte desenvolve/fortalece a autoconfiança, alivia o estresse; e o emagrecimento rápido é um dos principais atrativos para tanta procura.

Os movimentos da luta exigem uma forte preparação física e muito trabalho cardiovascular, por isso o gasto calórico feminino é muito alto, proporcionando vários benefícios, ao contrário do boxe que se concentra mais na parte superior.

O Muay Thai trabalha todas as partes do corpo, resultando em benefícios para pernas, glúteos, barriga e braços firmes. O treinamento feminino melhora o condicionamento físico geral, trabalha as pernas e os braços intensamente. Em uma aula é possível perder de 600 a 850 calorias (60 minutos). Ainda melhora a coordenação motora, trabalha grupos musculares de forma dinâmica e o principal: alivia o estresse, pois através de socos e chutes é possível extravasar toda tensão, raiva, preocupações, proporcionando assim diversas melhorias tanto físicas quanto mental.

Na Fit Mulher as aulas são exclusivas para mulheres, além de exterminar as calorias com mais diversão e deixar a barriguinha sarada. Vale a pena conhecer.

Texto : Instrutor Alex Mello

Agende uma aula experimental grátis.

Informações: (16) 3371.2631 / 3413.7377

www.academiafitmulher.com.br

0


1
jun
2013
Sopa é saudável, completa e pode ser pouco calórica para o inverno

Imagem: Getty Images

Sopas

Você sabia que entre as opções de sopas, a canja é a mais calórica? Isso porque ela tem mais fontes de carboidratos, como o arroz e a batata, cenoura, além do frango. Em uma porção de 200 gramas são apenas 210 calorias.

A sopa de cebola é mais leve e tem 190 calorias. Ela é rica em flavonóides, uma substância com propriedades antiinflamatórias e antioxidantes, que retardam o envelhecimento. Além dos flavonóides, tem vitamina C e os outros sais minerais, como potássio, sódio e cálcio.

Já a sopa de legumes é a mais amiga da balança. A porção de 200 gramas tem apenas 170 calorias. Além de menos calórica, é a que aceita mais variações, tanto que não existe uma receita única. Cada um inventa a sua. Mas a dica é aproveitar os ingredientes da estação, que têm uma vantagem adicional: o preço.

Dicas:

• As sopas feitas com cereais integrais, legumes e proteínas vegetais ou carnes magras saciam, são de fácil digestão e boas fontes de vitaminas, minerais e fibras. Também ajudam a hidratar o corpo.

• Fique longe das sopas cremosas com linguiças, bacon, queijos e creme de leite. São muito calóricas e gordurosas.

• Se você faz questão do creme de leite, troque-o por creme de soja, que não tem colesterol e é menos calórico.

• Se for usar arroz ou macarrão, prefira sempre os integrais, que são ricos em fibras e ajudam no funcionamento do intestino.

• Troque a manteiga por óleo de canola na hora de refogar os ingredientes da sopa.

• O caldo de galinha pode ser substituído pelo de legumes ou por missô (uma pasta fermentada de soja e cereais muito nutritiva).

Fonte: M de Mulher dieta

0